Back To School

De acordo com um ditado no mínimo questionável da Polícia Civil, para manter-se um segredo entre três pessoas, só matando duas. Nunca fui bom em guardar segredos, sempre sentia uma inquietação desesperadora até soltar tudo, em geral exatamente para as pessoas erradas, em geral segredos dos outros.

O lado positivo disso é que as pessoas aprenderam a não dividir nenhuma informação sensível comigo, o que me livra de ouvir casos longos e entediantes sobre pequenos recortes insignificantes das vidas das pessoas. O lado negativo é óbvio; sou um livro no mínimo entreaberto; praticamente todo mundo que conheço sabe que sou circuncisado e que choro toda vez que assisto a Um Lugar Chamado Notting Hill.

Por isso fiquei impressionado com minha capacidade de guardar um segredo durante anos, e não dividí-lo com absolutamente ninguém, nem aqueles nearest and dearest, e agora resolvi abrir o jogo e confessar que não terminei meu curso superior. No final de 2004 faltavam quatro matérias (que agora são nove graças a mudanças curriculares), e foi uma escolha entre ir embora para Berlim e ficar mais um semestre adiando a vida. Felizmente não fui burro o suficiente para ficar.

O que tornou esse segredo algo especial é que não só o mantive, mas menti agressivamente para todo mundo; mais importante que isso, menti para você, que está lendo esse post sentindo horror e surpresa. Só não peço desculpas por isso porque provavelmente não foi a primeira vez que menti para você, e certamente não será a última, e espero que não seja a última vez que alguma coisa aconteça que te cause horror e surpresa. Uma vida sem horror e surpresa é um tédio.

O único motivo mesmo para confessar é que agora voltei para a PUC e vou terminar, em um semestre, nove matérias. Manhã, tarde e noite. A ironia é que voltei agora que decidi que propaganda não é um uso digno de capacidade intelectual e que não quero trabalhar com isso nunca mais. Go figure.

Depois que percebi o tanto de conexões interpessoais entre pessoas PUC e pessoas Vida Real, saquei que estava fudido, condenado a ser descoberto aos poucos, e ter que explicar tudo para cada um que perguntasse, então resolvi fazer um post preventivo, e (tentar) evitar longas e entediantes conversas sobre tudo isso.

10 comentários:

ANA SÍLVIA disse...

LOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!!!!VC NÃO PRECISA DE FACULDADE!!!!

ANA SÍLVIA disse...

A NÃO SER SE VC QUIZER UMA JAULA ESPECIAL NO CASO DE TE PRENDEREM....HAHAHA

SaintCahier disse...

Não avacalha, Ana Sílvia... já vai ser uma dificuldade esse menino sair da faculdade com o canudo na mão.

Daniel disse...

e sorte de quem tiver o matias como irregular em sua sala de aula. go figure!

Bruno disse...

Congratulations for the new blog!!!
You have the guts, man!

How come I´m not able to make a comment there?

Matatas disse...

Agora pode! liberei os comments lá...

Anônimo disse...

E ai Matias, blz!?
Gostei da estratégia para pegar as gatinhas. Que dia tem aula? Vou chegar lá na cantina! hahahaha...
abç
fidelis

Eduardo disse...

Falta pouco...relaxe :]

Eu também não quis mais seguir com propaganda e considero uma atividade nada prazerosa e assumidamente enganadora.

abraços!

Anônimo disse...

..cara como tu é babaca!!! Psêudo-intelectualóide,... encurtei???!!!go figure baby dark!..go figure!

Anônimo disse...

psêudo...!?